15 de set

Nossa cabana em Tau - Noruega

Noruega – Dicas

 

no rom do sr olav andalsnes 300x225 Noruega   Dicas

Em Andalsnes alugamos o basement do Sr Olav

Já voltamos. Percorremos 3.600km de estradas norueguesas. Estou encantada!

Desta vez não escreverei diários. Por sugestão da minha sobrinha Fernanda colocarei nosso caminho com pequenos comentários. Afinal de contas nada como se perder, descobrir, acrescentar, enfim, acumular suas próprias experiências, mas, quem sabe, de repente poderei ajudá-las a elaborar seu roteiro particular. Gostei da sugestão. Achei legal chamar atenção para alguns pontos interessantes:

1 – Compre, com antecedência, um bom guia de viagem, Lonely Planet ou outro atualizado.

2 – Compre um bom mapa de estradas em Oslo. No Brasil não consegui. Usamos o Google Maps.

3 – A Noruega é um país caro. Uma das maneiras de baixar a diária é ficar em cabanas (descobrimos lá). As cabanas ficam em campings e, são na verdade, casinhas de madeira com quartos (dois ou três), sala, cozinha toda equipada (panelas, pratos, talheres), e banheiro. A roupa de cama e toalhas de banho, na maior parte, são alugados ou, se forem descartáveis, comprados.

nossa cabana em geirenger 300x225 Noruega   Dicas

Nossa cabana em Geirenger

Há sinalização na estrada, por exemplo, se o camping tiver cabanas há o desenho de uma casinha. Muitas vezes as cabanas desocupadas estão com as chaves na porta. Se gostar pode ficar. Mais tarde passa uma pessoa recolhendo o dinheiro. Bem prático!

jantar na cabana de flam 300x225 Noruega   Dicas

Um jantar animado na cabana de Flam

Para nós foi o esquema ideal pois ficávamos juntas no fim do dia, tomando um bom vinho e cozinhando nosso salmão ou bacalhau, saladas deliciosas (que tomates, cenouras e batatas!), conversávamos, fazíamos planos para o dia seguinte, ríamos muito. Imperava o bom humor e a alegria. Que bom!

A outra maneira é fazer compras em supermercados pelo caminho. As lojas de bebidas, como vinho, ficam ao lado. A cerveja pode ser comprada no super.  O melhor é escolher vinhos europeus, espanhóis, italianos, franceses com origem controlada. Deixe para tomar os sul americanos por aqui. Um vinho razoável sai em torno de 115 Krn ou 16.5 euros.

Basta dizer que, em restaurante, uma latinha de cerveja custa 70 Krn o equivalente a 7 euros. Pode? Uma taça de vinho o mesmo.

Nos finais de semana, principalmente no interior do país o comércio fecha: restaurantes, supermercados, padarias… É bom se precaver para não ficar com fome. Tínhamos um mercadinho no carro.

Um litro de diesel custa em torno de 14,30 Krn, isto é, 2 euros. Cuidado com o pé pesado!

Nos postos de combustível o abastecimento é com você. Lá dentro paga-se a conta, com dinheiro ou cartão de crédito.

4 – Por falar em Cartão de Crédito não leve o American Express. Não é aceito, nem para saques, a não ser nas cidades maiores e olhe lá! O Visa e Mastercard são os melhores.

5 – Leve Euros. O melhor cambio para dólar é no Aeroporto de Oslo. O Euro se manteve estável por toda a Noruega. Cambio só nas cidades turísticas assim como caixas eletrônicos para saques. Nunca fique sem Coroas Norueguesas  (Nkr).

6 – O inglês é falado por todos. Saber um pouco é bom. Eles têm boa vontade para entender-nos.

chuva em andalsnes 300x225 Noruega   Dicas

Tamara inaugura a nova sombrinha em Andalsnes

7 – Leve agasalho e sombrinha. Nosso roteiro teve inicio em agosto. Nunca deixamos de usar algum tipo de agasalho. Nas montanhas era bem frio e na Estrada do Atlântico ventava muito. E olha que era fim de verão! Tivemos temperaturas entre 8ºC e 18ºC. Não choveu torrencialmente. De vez em quando uma chuvinha que logo passava, mas molhava.

Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>